10 de novembro de 2007

Evolução da pipoca


E nestes 5 meses e meio a I. cresceu, cresceu e cresceu.
Agora está na descoberta de diversas entoações que uma silaba possa ter, então varia de graves para agudos concentrando-se imenso no que fala ou tenta falar. Adora estar de pé e por algum tempo não é necessário segurá-la nas axilas basta apoiar com as mãos á frente do peito, ainda hoje comentei com a avó que vai saltar a parte do sentar e gatinhar e passar directamente para andar, tal é a força que tem nas pernocas gôdas.
Não deixo de sentir sempre uma leve tristeza, pq ela cresce tão rápido e eu não tenho tempo para lhe dizer a toda a hora que a amo e tenho imenso orgulho nela, mas as horas que passamos juntas são sempre de mimos, sorrisos, birras, ensinamentos, tudo o que a maternidade engloba.

3 comentários:

Cristina disse...

Podes não ter muito tempo, mas se o pouco que tens for aproveitado, vais ver que compensa e muito..
Bjs

NiNa disse...

É verdade, o tempo passa rápido... porém usufrui de todos os momentos com a tua Pipoca, são momentos únicos.

Bjos

Mónica disse...

Temos de aproveitar cada momento... tudo tem o seu tempo. E eles crecem, é verdade, como crescem!
Bjinhos