19 de agosto de 2007

A minha nova pele


Sou Mãe...sinto-me bem nesta nova pele que me cobre o corpo, a mente e principalmente os sentimentos. Já passaram quase 3 meses desde o dia em que telefonei ao meu marido, 20 min. depois de nos ter deixado, a chorar dizendo que não sabia o que fazer com um bebé tão pequenino, estava em pânico, não me sentia bem ainda neste novo papel. Bastou uma noite contigo a meu lado filha, para saber que ser tua mãe é aprender tudo o que tens para me ensinar e confiar no meu mais primitivo instinto que é cuidar da minha cria.
Agora tenho a certeza que ninguém sabe tratar de ti como eu, que ninguém poderá amar-te tanto como eu te amo, as inseguranças passaram e tomei consciência que se errar nalguma coisa, também esse erro faz parte deste ciclo de aprendizagem, não existe perfeição na maternidade, existe sim o "dar o melhor de nós mesmos". Ainda antes de nasceres, interrogava-me naquela filosofia de "será que estou certa ao mandar vir um ser para este mundo cruel?"e cheguei á conclusão que não só estava certa como também era a minha obrigação, vou instruir-te a ser um ser humano em que a compaixão, a solidariedade e acima de tudo o Amor sejam virtudes do teu caracter, espero que aceites estes sentimentos e sejam puros em ti.
Amo-te....o teu cheiro é o meu oxigénio e pela primeira vez vou dizer e escrever a alguém " a minha vida sem ti não faz sentido."

7 comentários:

scas disse...

snif, snif... Lindo! Esse amor...

Vanessa disse...

São pele da nossa pele, e mais do que isso, trazem a nossa alma e o nosso amor na ponta dos dedos.
Complementamo-nos mulheres e criamo-nos mães. Tudo por lhes dar o melhor de nós!
Sinto o mesmo em relação à minha filha. Aprendo com ela todos os dias, aprendo a ser melhor, para lhe dar mais e o melhor que tenho em mim. É transcendental este amor.

Beijinhos e tudo de bom para as duas!

Lipa disse...

Está inata a capacidade de ser mãe. Só há que fazê-la despertar e tentar fazer o melhor a cada dia que passa.

Kátia e Fábio disse...

São de facto eles que nos dão esta nova deliciosa pele.. Achei piada ao teu receio no primeiro minuto de Mãe, porque tb eu o senti! Vi o meu filho tão pequeno e tão frágil, e acima de tudo tão dependente de mim!! Fazia-me tanta confusão...
Beijinhos

Celine disse...

Que linda declaração de amor a tua filha!! Todas nós sentimos este medo quando temos os bébés mas é verdade que basta uma noite para mudar tudo! Beijinhos para as duas

Marta Neves ( mama ) disse...

Parabens pelos 3 mesinhos... snif snif passa num instante amiga.. k linda declaração q escreveste realmente tudo o que disseste é verdade.. :D

NiNa disse...

É o MAIOR amor das nossas vidas, ñ é verdade?

Bjos